Home » , , , » Budapeste Bamako 2011 - Equipa portuguesa AfroTeam pronta!

Budapeste Bamako 2011 - Equipa portuguesa AfroTeam pronta!

Por Pedro Santos a quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Budapeste Bamako 2011

O Budapeste Bamako é o maior evento motorizado de carácter humanitário em África. Na ultima edição o rally quase sucumbiu às ameaças terroristas. Este ano parece mais forte que nunca e a equipa portuguesa AfroTeam vai estar à partida.

Artigo de Pedro Santos, fotos de AfroTeam e Budapeste Bamako

Budapeste Bamako 2011
Criado por Andrew G. Szabo, húngaro aventureiro, o rally parte todos os anos de Budapeste com destino a uma pequena aldeia no Mali chamada Bamako. Depois de participar no Dakar em 2001, Andrew Szabo queria participar em eventos menos competitivos, menos vocacionados para competição e mais para a ajuda humanitária. Pouco tempo depois nascia o Budapeste Bamako. O rally percorre mais de 8500 kms pela Europa e África, atravessando oito países em 15 dias.

Os valores são bastante inferiores ao da participação numa das outras competições africanas, mas o BB, como é apelidado, não tem grandes aspirações competitivas, focando-se no mais importante, que todos os participantes cheguem a Bamako para ajudar a comunidade. Em 2009 e 2010 mais de 700.000€ foram entregues a instituições locais, nomeadamente de apoio a crianças em risco e na área da educação e saúde. Mas não só de dinheiro puro se faz a ajuda humanitária deste Rally. A organização e participantes levam também a cabo acções no terreno como abertura de poços, montagem de painéis solares e entrega de equipamento médico. Alguns dos participantes doam as suas viaturas às instituições locais ou vendem-nas, doando a receita.

O lema do BB é “Qualquer um, de qualquer modo, de qualquer maneira”, significando que qualquer pessoa é bem-vinda e em qualquer viatura, pois o importante é participar e ajudar. Isto tem trazido ao Budapeste-Bamako pessoas que nunca se adivinharia num evento motorizado, como o artista húngaro de circo, Pityu, que é também considerado o homem mais baixo do Mundo, com apenas 65 centímetros. O BB tem também sido palco das mais improváveis viaturas como um pequeno carro com trinta anos da antiga marca jugulava Zastava ou um Trabant da Republica Democrática da Alemanha, coberto de relva.

Dado que as “estradas” africanas nem sempre são de alcatrão, o percurso foi pensado para que as viaturas sofram o mínimo possível de desgaste. Laslo Tempfli, vencedor do BB 2010, foi o responsável pelo percurso de 2011 “Tentei criar percursos rápidos e interessantes, que possam ser feitos com pouco desgaste para os carros. O ano passado foi muito duro devido aos trilhos rochosos de Marrocos.”. Mesmo assim o reconhecimento do terreno não correu sem incidentes. Um dos trilhos planeados está agora coberto de vegetação desde a construção de uma estrada alcatroada nas proximidades. A equipa de reconhecimento passou dois dias a cortar a vegetação apenas para ficar presa num pântano durante uma noite até ser resgatada por locais.

Budapeste Bamako 2011

Budapeste Bamako 2011
Afroteam, a participação portuguesa no BB 2011
Em 2011 Portugal estará representado neste desafio pela Afroteam, uma aventureira equipa que tripulará um Land Rover Serie III de 1973. António Vilela será o piloto do “Racing Land Rover”. Médico-dentista de Albufeira, António Vilela tem 36 anos, é presidente do Clube Marafados do TT Algarve e conta já com uma larga experiência em longas expedições, nomeadamente na Guiné-Bissau, no Brasil e em Angola. António Vargues, Engenheiro Civil de Loulé será o co-piloto no Serie. Aos 43 anos, reúne também uma vasta experiência em expedições africanas tendo acompanhado o António Vilela na expedição do Algarve à Guiné-Bissau.

A acompanhar estes dois aventureiros estará a equipa de apoio, que também trata da organização logística e das filmagens para o documentário televisivo que será feito. A bordo do Land Rover Defender 110 estará Pedro Lopes, o responsável pela organização e os responsáveis pela produção do documentário, Marco Teixeira e Nuno Assunção. Estes elementos da empresa algarvia de produção audiovisual Juicylime seguirão a equipa, registando todos os momentos para depois construir um documentário televisivo que será transmitido pela RTP. Pode acompanhar o progresso da AfroTeam no site www.afroteam.org

Budapeste Bamako 2011

Os aventureiros portugueses querem, para além da participação no BB, levar o trabalho humanitário um pouco mais além, recolhendo no trajecto informação preciosa sobre as necessidades de saúde das aldeias por onde irão passar. Esta informação será depois partilhada com organizações de apoio humanitário.

BB 2010 – Ajuda humanitária 0 - Terrorismo 1

Qual Lisboa – Dakar 2008, o Budapeste Bamako 2010 acabou por ser Budapeste-Agadir, não chegando a sair de Marrocos. Uma prova que se previa atravessar todo o norte de África visitou apenas um país africano. Para quem se recorda o final do ano passado foi frutuoso para os grupos da Al-Quaeda na Mauritânia e no Mali, com raptos, assassinatos e ameaças a todas as incursões de estrangeiros nestes países. A organização não quis arriscar e transformou uma prova de carácter humanitário num raid por terras marroquinas. A ajuda financeira foi na mesma entregue mas Bamako já não recebeu a visita dos participantes, da maioria pelo menos, já que um grupo mais audaz fez na mesma o percurso original e, segundo consta, sem incidentes de maior com terroristas.

Entre estes estava Andrew G. Szabo, o criador do BB, que entretanto tinha vendido os direitos da prova à nova organização. Foi aliás Szabo quem teve a ideia abandonar o novo percurso e seguir até Bamako, com quem o quisesse acompanhar, cerca de 42 equipas. Se a Al-Quaeda não raptou este grupo de corajosos humanitários, as próprias autoridades malianas trataram de o fazer. A maioria dos participantes tinha já pago a viagem de regresso de avião, vendendo a viatura no Mali ou enviando-a por transporte. Aguardavam por tanto a hora de embarcar no aeroporto de Bamako, quando as autoridades locais exigiram 17.000€ em dinheiro para deixarem o avião levantar. Durante horas os participantes e até a tripulação do charter húngaro ficaram reféns dos guardas do aeroporto até “aparecerem” com o valor, que tiveram de pagar para poder voltar. Chegados à Europa a organização do BB retribuiu o valor aos participantes.

No entanto para esta edição não se esperam qualquer tipo de problemas pois a organização tem estado em contacto com os governos de cada país para assegurar a máxima segurança em todos os sentidos. Andrew Szabo assegura: “Monitorizamos regularmente os desenvolvimentos na Mauritânia no que diz respeito à segurança e estamos em contacto permanente com as autoridades locais. Este ano não houve raptos e as autoridades parecem estar a controlar bastante as acções da AlQuaeda.

Budapeste Bamako 2011

Budapeste Bamako 2011 – De volta ao Mali
Apesar de, no ano passado, o BB não ter chegado a Bamako, este ano a organização planeia levar o rally a bom termo, que partirá da capital húngara a 15 de Janeiro de 2011, prevendo-se a chegada a Bamako quinze dias depois. O percurso sairá da Europa três dias depois de começar, atravessará as montanhas do Atlas e toda a extensão de Marrocos por caminhos normalmente utilizadas pelo rally Dakar e, mais recentemente, o África Race. Em seguida a Mauritânia receberá os participantes com as suas dunas de puro Sahara, duras planícies de sal e o Parque Nacional Banc D’Arguin, uma zona de costa protegida pela Unesco, antes de chegar à praia B2, nome que deriva da prova, onde a organização terá preparada uma grande festa, como já é tradição no rally. Uma vez no Senegal, os participantes terão uma etapa no Lac Rose, um local mítico para os adeptos e praticantes de Todo-Terreno, bem ao estilo Dakar. Seguindo em direcção ao Mali, a caravana atravessará o Parque Nacional de Niokolo Koba, ainda no Senegal onde haverá tempo para apreciar a abundante vida selvagem da região. Já no Mali o rally chegará finalmente a Bamako, o destino final, mas onde começa verdadeiramente o trabalho. Agora veja o vídeo...


Se este artigo te interessou deixa um comentário e partilha na tua rede social favorita. Não te esqueças de subscrever a newsletter para ficares a par das novidades.

0 comentários:

Enviar um comentário

Os vossos comentários

 
Copyright © 2012. Land Rovistas.Com | O blog dos adeptos Land Rover - All Rights Reserved