Home » , » Range Rover Evoque: Espelho do ser-humano actual

Range Rover Evoque: Espelho do ser-humano actual

Por Pedro Santos a terça-feira, 30 de agosto de 2011

Range Rover Evoque

O lançamento do Range Evoque é o mais recente tema de conversa no mundo Land Rover, com as atenções da marca a incidirem sobre o mais estradista dos seus modelos em detrimento do icónico Defender. A polémica está instalada.

por Pedro Santos

A Land Rover investiu e a comunicação social respondeu em peso, com artigos às pazadas sobre o “Ewok”, a nova coqueluche da Land Rover. Enquanto aguardo pacientemente pelo convite da marca para uma apresentação do modelo (convite que se terá perdido no correio, com certeza), ficam com a minha opinião sobre o assunto:

Ainda no tempo dos Series chegou o Range Rover que não podia quebrar mais com a tradição da marca, provocando um coro de críticas. Seguiu-se o Discovery, já quando os Series se chamavam Defender e novamente as críticas surgiram, indiferentes ao facto de que este modelo salvaria a marca da falência. Tão fortes eram os protestos que a Land Rover teve de substituir o One Tem pelo Disco nas futuras edições do Camel Trophy, só para provar que o novo modelo era de facto merecedor do emblema oval.

Camel Trophy
Em todas estas situações a crítica era sempre a mesma: A Land Rover está a domesticar as suas viaturas, tornando-as mais estradistas em detrimento das capacidades de Todo-Terreno. E tinham, sem dúvida, razão. Mas há que entender o porquê: Há cada vez mais população nos grandes centros urbanos que nas zonas rurais. E cada vez mais é a população urbana que adquire maior quantidade de bens de consumo, entre os quais automóveis. O ser-humano citadino de hoje em dia tem muito pouco tempo para aventuras fora de estrada e, se tem tempo, não tem dinheiro ou, se tem ambos, falta-lhe espírito de aventura.
Ao Homem actual a Natureza já não diz muito. É algo que se encontra no Jardim Zoológico e nos documentários da National Geographic, ambos raramente visitados. O espírito de aventura está em vias de extinção.
A Land Rover não é mais que uma empresa, como qualquer outra em qualquer nicho de mercado. Tem de vender viaturas para existir. E desde que passou para as mãos da Tata passou a ser gerida precisamente dessa forma. Em 2010, enquanto outros construtores anunciavam a crise por que estavam a passar, a Land Rover tinha um dos seus melhores anos de sempre com as vendas a subirem em flecha em todos os modelos. Mas o que se vendeu menos foi o Defender. E as previsões não são boas. O Defender será condenado pelos seus clientes, não pela Land Rover ou pela Tata.
Colin Green, Director de Marketing da Land Rover UK explicou, numa entrevista recente, a posição da marca: "O nosso objectivo é fazer dinheiro." Sempre foi. Desde 1948.
Land Rover Defender
Se o modelo mais vocacionado para fora de estrada é o menos vendido de todo o alinhamento porque haveria a marca de se preocupar tanto com esse nicho de mercado? Porque haveria de investir tempo e recursos a tentar ressuscitar um animal ferido de morte? A Land Rover tenta, neste momento, proporcionar ao seu velho “animal de estimação”, o Defender, algum conforto e uma morte digna, depois de tantos anos de lealdade, enquanto trabalha já nos novos elementos da família. É assim o ciclo da vida. O velho dá lugar ao novo e todos nós fazemos parte desse ciclo.

O nascimento do Evoque é o nascimento de uma nova Era, onde o espírito de aventura não tem lugar. Em vez de um Land Rover que nos leve a África passaremos a ter um Land Rover que nos leve ao Jardim Zoológico ou, na melhor das hipóteses, ao Badoca Parque. O espírito passará a estar na carteira e a aventura num bilhete de entrada. A Land Rover, meus amigos, apenas responde ao nosso comportamento e, obediente às nossas solicitações, estende-nos o bilhete.

Gostávamos de saber a tua opinião. Deixa um comentário e partilha na tua rede social favorita. E também podes participar! Tens um artigo, notícia, produto ou preparação interessante? Contacta-nos.

3 comentários:

  1. simplesmente o melhor comentário sobre o novo modelo LR e as razões sobre o seu conceito dentro dos mercados. Parabéns.

    ResponderEliminar
  2. Sou um feliz porprietario de um Series IIA, um Series III, um Stage One e um Defender. Falo com algum conhecimento de causa. Discordo completamente com o que foi escrito no artigo. A Land Rover simplesmente desistiu de um publico alvo. O Defender morre lentamente por que não o modernizam. A carroçaria é practicamente a mesma desde a decada de 80 e ainda há peças iguais aos modelos da decada de 60. É um modelo que pararou no tempo cujo nicho de mercado vai diminuindo , naturalmente. Ainda há muitos aventureiros e muito quem goste da Natureza . A ideia " Ao Homem actual a Natureza já não diz muito" é perfeitamente estupida e só dá razão aos ambientalistas. Claro que há muito aventureiro que goste de ir para Africa, como eu. Basta passar uma tarde em Algeciras para ver a quantidade de 4x4 que entra nos Ferrys. Agora, cada vez menos se vê Land Rovers por essas paragens. O que se quer é um jipe simples com este tipo de performance mas com uma carroçaria moderna, com algum conforto e segurança. Coisas tipo, porta luvas, air bags, serem impermeaveis, alguma insonorização. Peguemos num exemplo da Jeep. O Wrangler. É bem mais barato que um Defender e tem todo conforto e segurança que um comprador hoje exige, e com razão . Posto isto, claro que há mercado. A Land Rover simplesmente o abadonou e vai acabar por ser o seu fim. A o Toyota e a Jeep agradecem...

    Cumprimentos,

    Rui Caldeira

    ResponderEliminar
  3. Antes de mais obrigado a ambos pelos comentários.

    Rui, eu concordo que há ainda muitos aventureiros, eu sou um deles e também concordo que a LR tem estado a abandonar o Defender.

    Mas há que perceber o porquê de o estar a fazer e as duas questões estão ligadas. Quantos 4x4 novos vê o Rui no ferry em Algeciras? Poucos, sejam de que marca for. Para um fabricante que só ganha com as vendas de novos este mercado é cada vez mais reduzido.

    Ou considera que uma empresa deixava de fabricar e vender um produto que lhe dá dinheiro?

    De qualquer forma, é apenas uma opinião, a minha e Rui, nenhuma opinião é estúpida...

    Cumprimentos,

    Pedro Santos
    Land Rovistas.Com

    ResponderEliminar

Os vossos comentários

 
Copyright © 2012. Land Rovistas.Com | O blog dos adeptos Land Rover - All Rights Reserved